Comentários

Decapitados: reflexão sobre uma cidade que “perde a cabeça”

CINTIA DOS SANTOS PEDROSO STURZBECHER

Trabalho de Conclusão de Curso
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS – PORTUGUÊS E LITERATURAS A DISTÂNCIA

RESUMO

A novela Decapitados, de Leonardo Brasiliense, é instigante, vai muito além do que pode acontecer em uma comunidade de matriz imigrante que tem na figura do padre – Monsenhor – o seu referencial. Nela, o autor gaúcho faz uma reflexão sobre a vida urbana local de uma cidade originária da imigração italiana no Rio Grande do Sul, e consequentemente, sobre o processo de colonização do Estado. Partindo do impacto desse livro, o presente artigo pretendeu analisar de que forma a vida urbana e seus conflitos abalaram a fé das personagens do livro. A escolha do tema surgiu devido à importância de divulgar o trabalho de um escritor gaúcho, e também, do resgate de nossa herança cultural, mostrando, assim, que a arte literária é mais que uma obra de ficção. A partir da leitura da obra, bem como de textos referentes à literatura regional, sua história e contextualização sociocultural − atrelada a pesquisas de textos teóricos sobre a imigração no Rio Grande do Sul −, o estudo apresentou a relação entre literatura e sociedade, o conceito de Literatura Sul-rio-grandense e a análise da novela Decapitados.

Leonardo Brasiliense
18/05/2016

 

 

Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores