Minicontos

Entre a cruz e a espada

– Tem quantos anos?

– Doze.

– Bonitinha!

– Tá.

– Se fosse minha filha, eu endireitava a tapa.

– Vai dar sermão, é?

– Não, mas se fosse filha minha...

– Então acaba rápido, tio. Se eu não voltar logo pra casa, e com dinheiro, aí sim, o pai me cobre de porrada.


(em Adeus conto de fadas, 7 Letras, 2006)

Leonardo Brasiliense
08/04/2015

 

 

Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores