Comentários

Sofia e Mônica, por Aguinaldo Severino

guinamedici.blogspot.com.br, abril/2014

A história é sobre duas garotas adolescentes, gente jovem que experimenta as alegrias e os aborrecimentos da amizade. O formato deve algo ao teatro ou cinema, pois um roteiro parece querer brotar do livro, com cenas bem demarcadas e vívidos diálogos curtos. O texto se divide em três vozes distintas: as das duas garotas, que produzem uma espécie de diário e a de um narrador que descreve o destino delas. Na primeira temporada de férias escolares (em que as duas ficam sozinhas num apartamento, longe dos pais) elas fazem um pacto. Mas pactos existem para serem rompidos, o mundo real sempre se encarrega de nos lembrar disto. Leonardo Brasiliense alcança manter o texto interessante e verossímil, sem ser piegas nem abusando de truques dramáticos. O livro inclui um conjunto de fotografias cuja narrativa complementa sutilmente o texto. Ao descobrirmos os destinos de Sofia e Mônica encontramos vestígios de nossas escolhas, nossos pactos, nossos amigos. Viver é sempre para amadores.


10/08/2014

 

 

Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores