Minicontos

O gol perfeito

45 anos, uma certa barriga de cerveja, e começaram as faltas de ar. Fui ao médico. Ele me fez perguntas, pediu exames, e deu tudo normal.

− O senhor não tem doença nenhuma, seu problema é sedentarismo. Vai ter que fazer exercícios...

Eu me imaginei de chuteiras, no barro, suado, esperando o passe perfeito para fazer o gol perfeito.

− E como tem artrose nos joelhos − ele continuou −, eu recomendo hidroginástica.

Agora estou aqui, imerso até o peito nesta sopa de mijo de velhas. Elas são animadas e riem o tempo todo.

Elas acham que têm motivo para isso.


(em Corpos sem pressa, Casa Verde, 2014)


12/04/2013

 

 

Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores